{Kdrama} It's Okay That's Love

10 agosto


    Heeey minna-san, hoje trago para vocês um kdrama HIPER legal hehe. Vou admitir que no inicio fiquei mega receosa em ver o drama, sei lá li alguns comentários de alguns blogs e fanpages sobre doramas, e uns comentavam algumas coisas e outros comentavam outras coisas e fiquei confusa acabando por adiar o drama. Maaas resolvi assistir, como iniciei meu segundo semestre e quarto período da faculdade, achei interessante acrescentar em meus trabalhos cenas dos dramas, e por sorte IKTL fala de psicopatologias.
     Bom o primeiro motivo de eu ver esse drama foi o D.O, que para quem não sabe é o vocalista principal do k group EXO, então fiquei mega curiosa para saber como seria sua atuação, já que eu o considero um garoto reservado em comparação á bagunça que os membros fazem. O segundo motivo foi Lee Kwang Soo, nosso girafa de Running Man, também está no elenco principal do drama.
     Para podermos entender por inteiro essa história irei postar primeiro a sinopse e depois falarei sobre cada personagem, e se eu conseguir irei explicar sobre algumas das patologias apresentadas no drama. Apesar de ter uma temática bem seria em relação ás doenças, deixo claro que o drama ainda tem seu charme, então temos cenas de comédia, romance, dramas, brigas e ente outras coisas.




SINOPSE: O amor pode brotar dos lugares mais inesperados e nas mentes mais ocupadas. Jang Jae Yeol (Jo In Sung) é um famoso romancista de mistério e popular DJ de rádio que sofre de Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC). Quando ele conhece Ji Hae Soo (Gong Hyo Jin), uma residente do primeiro ano de psiquiatria no hospital em que está sendo tratado, eles ajudam um ao outro a cuidarem de seus profundos problemas emocionais. Mas como Jo Dong Min (Sung Dong Il), colega sênior e primeiro amor de Hae Soo, e Lee Pul Ip (Yoon Jin Yi), a namorada de Jae Yeol irão se sentir quanto a essa proximidade crescente entre eles? "It's Okay, That's Love" é um drama sul coreano de 2014 dirigido por Kim Kyu Tae. (Cool2vu)


PERSONAGENS:

Jang Jae Yeol - Jo In Sung (That winter the wind blows, School 3)

   Ta ok vou começar por ele certo? Primeiramente vamos entender parte de sua adolescência. Pelo o que eu entendi, Jae Yeol vivia com a mão o irmão e o padrasto, esse padrasto batia com frequencia tanto nele como em sua mãe. O irmão mais velho de Jae Yeol já havia cometidos alguns delitos, (considerando que na época ele teria 19 anos), dado um certo dia, Jae Yeol estava apanhando de seu padrasto quando seu hyung tenta ajudar afastando o velho que acaba por agredir ele, assim Jae Yeol pega uma faca como método de defesa, porém o irmão mais velho empurra o padrasto que cai em cima de Jae Yeol e consequentemente é esfaqueado. Jae Yeol fica inconsciente, enquanto seu irmão tenta tirar a faca do peito do padrasto, que não teria morrido. A mãe chega em casa e vê a cena indo socorrer Jae Yeol o irmão explica a situação e diz que se a policia chegar não é para dizer que foi Jae Yeol que esfaqueou o padrasto, mas sim que foi ele mesmo (o irmão que teria esfaqueado). Então o irmão pega Jae Yeol e o leva para um hospital, enquanto a mãe dos meninos tenta pegar a faca e é surpreendida pelo padrasto, ali ela incendia a casa. Por causa dessa reviravolta, o irmão é preso no lugar do irmão e se sente traído.
    Por conta de seu irmão ser preso e de ter visto sua mãe botar fogo na casa, Jae Yeol tenta viver otimista. Por causa de seu padrasto ele acabou por desenvolver o hábito de dormir em banheiro, tanto que sua cama é só enfeite, enquanto sua banheira é acolchoada. A questão é a seguinte, depois de onze anos preso o irmão é solto, e como se sente traído vai a procura de Jae Yeol que estava sendo dj de uma festa, lá o irmão pega um garfo e ataca Jae Yeol.
    O ponto que eu quero chegar é esse, a partir do momento em que Jae Yol foi atacado, aparece um garoto chamado Kang Woo, onde mais tarde falarei dele. Durante o inicio do drama podemos ver que Jae Yeol não vive no passado, e muito menos não sente raiva de seu irmão em sempre querer lhe machucar, muito bem pelo contrário, ele é sincero em receber os ataques e compreende seu irmão
    É muito interessante ver o desenvolver de seu personagem, na metade do drama a gente vê que ele não gosta de ser perturbado enquanto escreve seus livros, mas tem uma parte em que ele não consegue de nenhuma maneira gostar daquilo que escreve. Mais tarde é revelado que Jae Yeol se auto plageia, então ele escreve coisas que já foram escritas por ele, sem que o próprio percebesse, e assim que ele terminava a frase ele apagava. 
     Fico contente com o final que ele teve, aguentar uma doença não é fácil, e diga-se de passagem que nem todos os esquizofrênico conseguem viver tão em paz assim, alguns tem recaídas feias. Mas de qualquer forma é um drama e como deixa claro no inicio do episódio, são sintomas fictícios. 


Ji Hae-Soo - Kong Hyo Jin ( Pasta, The Greatest Love)


    Hae Soo quando era pequena viu sua mãe beijar um outro homem, ou seja pegou a mãe no flagra traindo seu pai. Pelo o que entendi o pai dela acabou por ficar daquele jeito, e assim acabou por gerar um certo desconforto na mãe dela. Hae Soo depois de ter visto sua mãe beijar outro homem, passou a ter uma síndrome de ansiedade. No inicio do drama temos Hae Soo namorando um outro cara, eles namoravam fazia 300 dias (quase 10 meses), e nessa relação ela se sentia ansiosa em beijar o rapaz, toda vez que ela o beijava vinha a imagem da mãe na cabeça, isso a deixava desconfortável a ponto de se quer pensar em relações sexuais.     Como uso de defesa ela acaba criando um muro em sua volta, agindo de forma fria com respostas e ações ariscas, deixando o personagem um pouco irritante. Mas o interessante é ver sua evolução durante o drama. Ela começa a resolver seu problema de ansiedade á partir das investidas de Jae Yeol, que a beija de surpresa, até o momento que propõe que os dois devessem namorar.     Esse namoro entre os dois foi meio balançado, ela queria por regras e ele queria pular as regras e fazer do seu próprio jeito. Então eles meio que se resolvem quando vão á uma viagem para Okinawa (não sei se escreve desse jeito se estiver errado me corrijam). Lá Hae Soo dorme com Jae Yeol....e olha só....NA PRAIAAA kkkkkk.      Depois disso ela começa a se soltar mais, e fica maria mole quando descobre a doença de Jae Yeol, ai ela desmorona e aprende de uma vez por todas os seus sentimentos por ele. Até é chato ver essas cenas em dramas, o que não poderia faltar, familia se opondo, a mãe de Hae Soo diz para ela terminar com o rapaz por ele ser doente, e assim não ter que passar pelo o que ela passou, mas enfim. No final o cara teve um plano e deu tudo certo.    Achei interessante o final e eu adoraria se eles fizessem um especial com dez anos depois hehe, aposto que eles teriam tido uns três filhos como Jae Yeol queria, já que Hae Soo não resiste ao charme do escritor.

Jo Dong-Min - Sung Dong Il (My Girlfried Is a Gumiho, Reply 94, 97, 88)


    Aqui temos um médico muito amado. O cara só me surpreende em seus personagens, eles são engraçados e por algum raios de motivo parecem combinar com sua aparência. Aqui ele representa um médico que foi divorciado uma vez e que é casado, durante todo o drama sua esposa não aparece, só no finalzinho hehe, mas enfim. O cara era amigo de todos os personagens, ele morava junto com Hae Soo e Soo Kwang, conhecia um dos editores de Jae Yeol e tratava o irmão do mesmo enquanto estava preso.
    Quando ele começa a tratar o irmão de Jae Yeol, ele descobre sobre o passado dos dois, sobre a história que eu contei. Ele então entende o ponto de vista de Jae Yeol para com seu irmão, e ajuda o presidiário a viver sua vida calmamente.
    Além disso quando o editor é chamado na policia, porque o Jae Yeol havia esquecido a carteira no chão (será contado essa cena mais tarde), e vê uma certa gravação, é a Dong Min a quem ele socorre, já que no vídeo foi gravado um momento do surto de Jae Yeol. Depois de ver o vídeo ele contata sua ex esposa, com quem tem uma amizade, e os dois chegam a um consenso de contar á todos os conhecidos sobre o assunto e iniciar um tratamento no escritor.
    É engraçado ver Dong Min como médico já que ele é muito perspicaz, sem falar quando ele está junto de Soo Kwang, os dois juntos não prestam é muito engraçado ver eles tirando sarro do casal principal. Bom um belo motivo para se ver o drama.

Park Soo-Gwang - Lee Kwang Soo (Running Man, City Hunter)


    Soo Kwang é um rapaz jovem que sofre da sindrome de Tourette, que é um distúrbio neuropsiquiátrico caracterizado por tiques múltiplos, motores ou vocais, que persistem por mais de um ano e geralmente se instalam na infância. Pelo que diz no drama, Soo foi expulso de casa por seu pai, e assim passou a morar junto com Dong Min e a trabalhar no café que fica abaixo da casa. Até então sua vida tem sido tranquila, já que ele faz os tratamentos e assim diminui o tempo entre os espasmos, agora só tinha quando passava por uma situação da qual ele não tinha controle.
    Soo Kwang tem uma queda por uma garota que até então seria menor de idade, e ele bocó dá dinheiro pra ela, mas dado um momento ele se cansa e pede ajuda á Jae Yeol, a como conquistar ela sem deixar parecer seus sentimentos, agir como um cara frio. E não é que dá certo?
    Kwang Soo realmente fez bem esse papel, achei que ficou muito perfeito os espasmos e que as pessoas assim poderão compreender sobre a doença.

Han Gang-Woo - Do KyungSoo (Hello Monster, Pure Love)

   Rufem os tambores porque agora vem a história principal. Quando começa o drama temos a leve impressão de que Kang Woo é um garoto de ensino médio que literalmente segue Jae Yeol para todos os lados e que assim como seu idolo, quer ser tronar um escritor famoso. O garoto pelo que se passa ele sofre abusos em casa seu padrasto bate em si e em sua mãe. E assim busca refugio em Jae Yeol.
    MAS PERA AI!!! Já ouvi essa história em algum lugar. SIIIM, ai que tá gente, prestem atenção...nos gif abaixo.

    No gif acima notamos a euforia entre Kang Woo e Jae Yeol, quando Jae Yeol joga uma pedra na janela de uma garota, onde a mesma aparece, e grita para ela dizendo que Kang Woo adora ela e para dar uma chance ao garoto. Então os dois saem correndo rindo todos alegres por causa daquela coragem repentina....Mas ai a cena seguinte nos choca....


    Mas espera ai Imyan, você só pegou um gif onde Jae Yeol aparece....exatamente. A cena mostra apenas Jae Yeol correndo na rua rindo todo alegre....o que isso significa? Significa que Kang Woo é apenas uma alucinação de Jae Yeol.
    Vou explicar, agora a pouco expliquei como é a "vida" de Kang Doo e deixei claro que essa história é parecida com a de alguém, sim a história de vida de Jae Yeol. Kang Woo tem a mesma idade que Jae Yeol tinha na época em que ele sofria os abusos do padrasto, a unica diferença é que Kang Woo não tem irmãos.
     Na metade do drama percebemos que Jae Yeol é psicótico, ou seja sofre de alucinações e delirios porém ele não sabe disso, e Kang Woo passa a ser um fã de verdade.Jae Yeol fala do garoto para todos, conversa no celular o visita a todo momento e até mesmo passa a se preocupar com ele. Tem uma parte em que Jae Soo leva Kang Woo para casa e lá ele vê o pai batendo na mãe e Kang Woo tentando aparar a briga e ser acertado. Obviamente Jae Yeol sai do carro para socorrer o garoto e começa uma briga com o pai do garoto, ele até mesmo tenta impedir de Kang Woo fazer uma besteira ao segurar uma pedra grande.
    A questão dessa cena é a importante, toda essa confusão foi grava por uma câmera de segurança, e então a policia vê que tem um homem brigando....sozinho. Quando eles reconhecem Jae Yeol logo contatam seu editor que vê as imagens e passa para Dong Min. Até então ninguém tinha notado que Jae Yeol era esquizofrênico.
    Mas durante todo o drama temos os sintomas, por exemplo, Jae Yeol estava em Okinawa com Hae Soo quando ele resolve atender o telefone, Hae Soo pergunta " Seu telefone tocou?" (ela pergunta depois dele ter atendido) e Jae Yeol responde "Você não ouviu?" Obviamente seu celular não havia tocado. Na mesma viagem, logo após os dois terem sua primeira noite juntas, Jae Yeol tem o pesadelo onde Kang Woo sofre um acidente, e até mesmo vê seu irmão á sua frente ali na praia o esfaqueando na barriga. Hae Soo acorda e tenta acalmar ele certa de que foi apenas um pesadelo, enquanto ele ficava a dizer que havia sido esfaqueado e que Kang Woo teria se machucado.
    Fica bem claro que Kang Woo é uma alucinação quando o editor pede á Jae Yeol o telefone de Kang Woo, o escritor passa e afirma várias vezes que aquele numero era certo, e o editor ligar e acaba ouvindo uma gravação dizendo que o numero não existe. Querendo saber mais sobre aquilo, o editor pede para que o próprio escritor ligasse para Kang Woo e conversasse, e ele realmente o faz sendo que o editor ao seu lado escuta a gravação, ou seja ele presencia o surto de Jae Yeol. 
     Ta....agora a questão que importa, porque Kang Woo é a alucinação? Como disse anteriormente, Kang Woo tem as mesmas características que Jae Yeol tinha quando teve o acidente, apanhava de seu pai tentava salvar sua mãe e tentava começar sua carreira como escritor para salvar a mãe. Jae Yeol criou Kang Woo como uma forma de não sentir culpa pelo o que ocorreu.
     O esquizofrênico tem seus delírios e alucinações tão real que eles sentem medo até. Mas alguns deles, como ouvir vozes, são apenas seus pensamentos inconscientes que eles não reconhecem, (justamente por serem inconscientes) e acreditam que esses pensamentos são de outras pessoas. Jae Yeol se sente culpado por seu irmão ir á cadeia, se sente culpado pela atitude de sua mãe, se sente mau por ser fraco e apanhar e entre outras culpas, e ele não sabe lidar com elas, acabando assim criando um garoto parecido consigo, que tem essas culpas e que precisa ser confortado.
    Kang Woo é a projeção de Jae Yeol, toda vez que uma lembrança sobre seu passado aparece ela nunca vem como memoria no Jae Yeol mas como um ocorrido com Kang Woo. Por isso Jae Yeol simpatiza com ele, por ser tão parecido consigo, por ter os mesmo pensamentos que ele tinha quando mais novo. Mas Jae Yeol não percebe que Kang Woo é uma alucinação, para ele tudo é real por isso demorou um pouco para ele admitir que Kang Woo era parte de sua mente, era parte de si mesmo, ele nem havia notado que estava doente. 
    Todos á volta de Jae Yeol (e me refiro aos personagens principais) viram Jae Yeol conversando sozinho, agindo sozinho. Um exemplo é quando Hae Soo estava no quarto de Jae Yeol, e o escritor estava segurando um punhado de folhas e conversando no telefone com Kang Doo, dando-lhe uma bronca por escrever um romance horrivel. Hae Soo percebe que Jae Yeol movimenta a mão, que não tinha nada, maaas quando a cena foi passada pela primeira vez eles mostrando o escritor segurando a história de Kang Woo apertando as folhas e em seguida jogando na mesa para então depois guardar em sua gaveta. Quando descobrem sua doença mostram novamente essa cena dessa vez sem o papel, sendo esse o seu surto.
    O mais interessante é que Kang Woo sempre aparece quando Jae Yeol está com Hae Soo, desde que saem em um encontro ou conversam por telefone, por que disso? Simples, é como se aquela memoria batesse na porta de Jae Yeol e disesse " Hey eu ainda estou aqui". 
    O que aprendemos nesse drama foi que o esquizofrenico pode sofrer alucinações a ponto de se matar. Jae Yeol demonstrava isso. Dong Min e sua ex esposa conversam sobre o assunto e assim conversam com Hae Soo, que afirma ter visto Jae Yeol em situações onde ele se colocava em risco. Gente na gravação da camera de segurança o cara parecia realmente brigar com alguém, a ponto de se machucar, ele foi fazer um treco na água (no episódio de Okinawa) e ele se machucou feio lá, depois sofreu um acidente quando estava se mudando.
    Waah essa cena foi a melhor. A casa onde Dong Min e o resto moram pertencem á Jae Yeol, ele estava morando junto á eles temporariamente, e então chegou o dia de se mudar. O que acontece quando ele acaba de se despedir com Hae Soo? Ele vê Kang Woo andando de bicicleta e quase o "atropela" o problema é que ele tenta desviar do garoto, depois tenta desviar da Hae Soo e acaba batendo contra um poste.
    A cena que foi pra lacrar a sanidade do cara foi. Hae Soo estava passando seus ultimos momentos com Jae Yeol (já que ela e os demais pretendiam internar o escritor) só que enquanto ela estava no banheiro mandando mensagem com endereço, Jae Yeol recebe uma ligação de Kang Woo que deixa meio que no ar que iria se matar. Jae Yeol deixa um bilhete e sai, enquanto ele dirigia ele recebeu a ligação do garoto (relembrando que isso tudo é na cabeça do escritor) e vê o garoto andando de bicicleta ser acertado por um carro. Para tentar socorrer o que Jae Yeol faz? Joga o seu carro na frente do outro que havia acertado o garoto, e claro se machuca.
    Ali ele vê Kang Woo todo machucado, realmente machucado e assim Hae Soo chega com os médicos pronto para levá-lo ao hospital. Na rua havia uma camera de segurança e eles mostram que em nenhum momento houve um Kang Woo sendo atropelado.



    De qualquer forma, em uma conversa com Hae Soo, que pede para o escritor olhar para Kang Woo e procurar um tipo de uma pista de que ele é uma alucinação, Jae Yeol percebe que ele era doente mesmo. Ele percebeu quando olhou para os pés de Kang Woo, que sempre estão descalços e machucados não importando qual a situação, e assim Jae Yeol percebe que aquele garoto que achava ser seu grande fã, é na verdade uma representação do seu infantil. E a parte que mais doeu foi o adeus, Jae Yeol se despedindo de Kang Woo gente chorando apenas.

Oh So-Nyeo - Lee Sung Kyung (Flower of the queen)

    Essa garota com certeza encheu o saco de muita gente, sua personalidade é difícil. Ela sabe muito bem que Soo Kwang gosta dela e o usa, ela tem um namoradinho dela, que usa de seu salario para comprar coisas futeis, e diga-se de passagem Soo Kwang foi besta em dar dinheiro á ela pra se produzir a outro garoto, que só tem titica de galinha.
    Depois de receber um gelo, a garota finalmente deu atenção ao Soo Kwang, e diga-se de passagem os dois formaram um belo casal no final do drama, realmente adorei a quimica entre eles que cresceu e amadureceu.
    Ela também sofre de um transtorno, mas não me lembro qual é algo relacionado ao seu comportamento, por isso ela fala as coisas tão abertamente e sem vergonha. 

    Enfim acho que dei spoiler demais por hoje, acredito que a parte do Kang Woo ficou beeem confusa e por isso digo que ficará bem mais entendido se forem ver o drama hehe 
FOTOS E CENAS:


























ONDE ASSISTIR: Recomendo que assistam nesse site que eu encontrei, ele se chama Cool2vu, não sei o significado disso mas o que importa é que tem vários dramas legendados. Claramente os vídeos são do site Viki.com, mesmo assim para quem quiser ver em um site diferente, fica a dica.

You Might Also Like

0 comentários